Cadastre-se agora e não perca nenhuma oferta

Cadastre-se agora

Como é a estratégia de desenvolvimento de um produto?

Flavio Flavio 17 dez 2019

Quando um produto chega às prateleiras de uma loja física, ou fica à disposição do consumidor em uma plataforma de venda online, significa que esse item passou por um processo completo de estudos e análises, que vão desde o mapeamento de tendências de consumo até a realização de pesquisas para identificar o público-alvo. Para qual gênero de público é destinado? Esse produto vai atender as pessoas que já consomem outros produtos da empresa, ou será para um novo mercado totalmente desconhecido?

Além disso, haverá um estudo aprofundado desse mercado, serão produzidos protótipos para testes de usabilidade, segurança no uso, passará por processo de registro e regulamentação, serão realizadas projeções financeiras de investimento, custos e lucros para entendimento da viabilidade de produção e validação para ser comercializado.

Todas essas etapas não podem ser ignoradas, porque são extremamente necessárias e devem ser feitas antes de colocar o novo produto na ruas. E, mesmo depois de estar à venda, esse produto será avaliado dentro de critérios e objetivos estratégicos para o negócio, sendo um dos principais a o ciclo de venda, por exemplo.

Receba novidades do Melhores Ofertas

Carrinho de compras com alguns itens dentro sendo conduzido por uma pessoa
Até chegar ao consumidor final, um produto percorre um longo caminho para seu desenvolvimento completo

Ciclo de venda do produto na estratégia de desenvolvimento

O ciclo de venda do produto é uma fase completamente essencial para a vida do produto. A partir desse ponto, começa o planejamento do tempo que o produto levará para ser vendido, em quanto tempo estará com os principais clientes, quando atingirá o seu auge e, naturalmente, quando terá um declínio e diminuirá suas vendas. Em outras palavras, o ciclo de venda do produto analisa e mensura o futuro do produto e as expectativas de venda a cada ciclo, desde o nascimento até a fase de maturação e, por fim, o declínio.

Uma possibilidade nova no mercado é evitar o declínio final do produto, realizando alterações no meio do processo de venda, mas isso é um desafio extremamente grande para qualquer empresa e para qualquer empreendedor.

É por essa razão que, às vezes, as empresas lançam os produtos pensando na estratégia que será adotada mais tarde para evitar o seu declínio e mantê-lo no auge das vendas por mais tempo. Esse trabalho se dá através de pesquisas de mercado.

Como usar a Matriz BCG na estratégia de desenvolvimento

A matriz BCG é uma metodologia usada para avaliar, por exemplo, decisões sobre investimentos em uma linha de produto – qual deve ter maior participação no mercado (construir), ou permanecer como está atualmente (manter), qual obter ao máximo de resultados (colher) e qual deve ser descontinuado (abandonar).

Dessa forma, um produto pode ser classificado de quatro formas diferentes:

  • Estrela: quando é altamente popular e atrai novos clientes, mesmo que tenha margem de lucro ruim;
  • Vaca Leiteira: quando possui uma participação alta em um mercado que já não cresce mais, sendo preciso extrair tudo o que esse mercado pode entregar;
  • Interrogação: quando entra em um mercado novo e não sabe o que pode acontecer;
  • Abacaxi: quando o produto está em franca decadência e já não apresenta sinais de que pode ser viável de alguma forma.

Todas essas classificações de um produto no mercado são muito importantes para a análise que a equipe realiza, observando as mudanças e alterações do mercado e transmitindo todas elas para os outros setores da empresa.

Uma das forma de utilizar a matriz BCG é na hora de decidir onde investir mais recursos e esforço, que façam de fato diferença para os negócios. Essa é uma ferramenta que ajuda, mesmo quando o foco não está diretamente no desenvolvimento do produto, mas no ciclo de venda em si.

Entre as variáveis de custos para viabilizar a venda desse produto, podem ser considerados os gastos da equipe de vendas com telefonia móvel, por exemplo. O desperdício desse tipo de investimento, pode impactar indiretamente nas análises e decisões entre manter ou descontinuar o produto.

Receba novidades do Melhores Ofertas

Miniatura de um encarregado conduzindo uma encomenda sobre o carrinho de carga, simulando uma compra online
Um dos segredos para o sucesso é saber usar as ferramentas certas para posicionar seu produto no mercado

Torne seu produto diferenciado no mercado

Lançar um produto diferenciado de alguma forma é um passo muito importante para o sucesso junto aos compradores, pois ninguém quer mais do mesmo. Assim, faça o seu produto se destacar seja pela relação custo e benefício, seja pelo design inovador, pela tecnologia exclusiva, pela praticidade de uso ou por uma nova forma de se relacionar com o público.

Contudo, inovar e criar um produto diferenciado não significa construir algo completamente fora do comum, que jamais tenha sido pensado ou produzido. Para se destacar e se diferenciar, basta executar algo com qualidade e, de alguma maneira, despertar o interesse do mercado e se conectar de forma mais próxima e transparente.

Agora você já sabe como funciona a estratégia de desenvolvimento de um produto, que tal contratar um plano empresarial para o seu negócio? O Melhores Ofertas dispõe de uma variedade de planos para a sua empresa, desde serviços como telefonia, celular, TV, internet e muito mais.

Fique por dentro

Receba as Melhores Ofertas no seu e-mail.

icone newsletter

Notícias relacionadas

  • De olho nas Operadoras de Telecom! Ed 18/Setembro

    De olho nas Operadoras de Telecom! Ed 18/Setembro

  • Planos de celular empresarial mais baratos da Claro NET

    Planos de celular empresarial mais baratos da Claro NET

  • Quanto tempo demora para ativar o plano da Claro?

    Quanto tempo demora para ativar o plano da Claro?